Esta Matéria não tem vídeo
Deputado estadual João Henrique (PL-MS)
Deputado estadual João Henrique (PL-MS)
Esta Matéria não tem 
vídeo

 

PEC proposta por liberal

na Assembleia do MS propõe volta da
prisão em segunda instância


Mato Grosso do Sul - No momento da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que, na semana passada, decidiu contra a prisão após condenação em segunda instância, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul sai na frente revelando inovação legislativa ao apresentar na última terça-feira, 12, uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que busca revogar a decisão e que deverá ser apresentada ao Congresso Nacional.

Proposta pelo deputado estadual João Henrique (PL-MS) e abraçada por outros parlamentares, de um mínimo de 8 assinaturas, o documento conseguiu a aprovação de 10 parlamentares desta Casa de Leis, iniciando, via Mato Grosso do Sul, um movimento nacional como forma de pressionar deputados e senadores.

Porém, para que esta PEC chegue ao Congresso Nacional, segundo o deputado João Henrique (PL), que apresentou o documento ao lado do deputado Evander Vendramini, é preciso obter a adesão de outras Casas de Leis brasileiras. “Apresentamos esta PEC numa iniciativa nova do regimento interno desta Casa, que mudou a Constituição Estadual para que possamos também propor projetos de emenda à Constituição Federal, desde que metade das Assembleias chancelem por resolução. Assim, esta nossa Casa abriu espaço para pressionarmos o Congresso Nacional para que haja a revogação do que o STF fez e que todo mundo acha um retrocesso”.

Embora propostas similares já tenham sido apresentadas em Brasília, o texto a ser apresentado pelos parlamentares sul-mato-grossenses tem interpretação diferenciada e contundente, mesmo assim indo ao encontro do que prega a Constituição Federal. “ A Assembleia Legislativa de MS é a primeira a propor a modificação no texto. Em que pese já esteja sendo discutido tanto no Senado quanto na Câmara Federal, nós temos nosso texto próprio, nossa contribuição e a força dos parlamentares que aprovaram. Marcamos um gol e tanto”.

Desta forma, o texto desta proposta, legitimamente sul-mato-grossense, será repassado às demais Casas de Leis brasileiras e, se obtiver adesão de metade delas, será proposto como PEC. “Aí, então, passará a tramitar com o nosso texto, mostrando aos parlamentares federais, por meio de um instrumento legislativo, que nós não estamos contentes com esta decisão do STF”. Os demais parlamentares a assinarem o documento são Capitão Contar, Coronel Davi, Lucas de Lima, Antônio Vaz, Herculano Borges, Rinaldo Modesto, Zé Teixeira e Renato Câmara.



Fonte: Assessoria de imprensa do deputado




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO

 
   
 
 
 
 
<
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site e Conteúdos Desenvolvidos, Produzidos e sob Responsabilidade da LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
TV-PR: Tiririca está entre os 10 melhores deputados segundo pesquisa
TV-PL: Líder Liberal rechaça tese do "toma lá dá ca" em entrevista 
Manual de Prestação de Contas da Campanha eleitoral de 2018
Nova Presidente do PL Mulher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal Veja todas Notícias no Facebook Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram